Disterm ar condicionado
Informação profissional do setor das instalações em Portugal
Fórum da Energia e Clima

Alentejo poderá liderar a transição energética em Portugal

O Instalador21/04/2022
O Fórum da Energia e Clima, observador consultivo da CPLP, com sede no Alentejo, considera que “o investimento de energia renovável que será apresentado esta sexta-feira em Sines representa o acelerar da alteração do paradigma energético e do avanço para uma economia mais sustentável”.
foto
Ricardo Campos, Presidente do Fórum da Energia e Clima, sublinha que “o aumento dos preços dos combustíveis fósseis e a visível consequência da dependência de países como a Rússia, que não partilham os valores do mundo livre, mostram a importância de acelerar a transição energética. As energias renováveis e a utilização do vetor energético hidrogénio produzido a partir das energias renováveis será decisivo para descarbonizar as indústrias dependentes do gás natural”.

O anúncio do investimento em Sines, num projeto de produção de hidrogénio e amónia verdes, é, na opinião de Ricardo Campos, “o inicio de um caminho que, depois do Alqueva, vai levar o Alentejo a ser das regiões com mais crescimento em Portugal. É inevitável que uma das regiões mais competitivas do mundo para a produção de eletricidade a partir do sol, onde são batidos recordes mundiais de preço, que está a investir fortemente em áreas de acolhimento empresarial, e que tem o Porto de Sines, o Aeroporto de Beja, e um sistema de ensino e conhecimento entre os melhores do país, possa receber investimentos dos principais players mundiais na área da economia sustentável”.

Ricardo Campos acrescenta ainda que “a transição energética é uma oportunidade para Portugal se posicionar à escala global desenvolvendo tecnologia e transferindo conhecimento de forma eficiente para as empresas”, tendo declarado que “com as barragens, que são hoje também pilhas hidráulicas, que serão cada vez menos utilizadas para a produção de eletricidade e sim para reservas de água, Portugal tem de apostar no armazenamento de energia elétrica em sistemas de grande dimensão - as flow batteries ou outras formas que já estão em investigação em universidades e politécnicos portugueses - terão de passar para projetos piloto ou encontrar mecanismos que estimulem a transferência de conhecimento para as empresas nacionais da economia verde”.

O responsável defende ainda que “parques fotovoltaicos ligados a sistemas de armazenamento de grande dimensão são a solução que por exemplo a Florida Power and Light já está a utilizar nos Estados Unidos para a substituição das suas centrais de ciclo combinado a gás natural. Com o aumento do preço dos combustíveis fósseis essa pode ser também uma solução a implementar em Portugal e na Europa”.

Ao longo do próximo ano, a CCDR Alentejo, o Instituto Politécnico de Portalegre e o Fórum da Energia e Clima irão promover cinco grandes conferências, no âmbito do projeto GUARDIÕES, denominadas Energy And Climate Summit:´

  • Dias 21 e 22 de abril: 'Educação e Conhecimento', em Portalegre
  • 2 e 3 de junho: 'Energia e Transição Justa', em Sines
  • 20 e 21 de outubro: 'A Água', em Beja
  • 26 e 27 de janeiro 2023: 'Mobilidade e Ferrovia'
  • 22 e 23 abril 2023: 'Economia Circular', em Portalegre.
CEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International ConferenceBosch: a tecnologia mais recente em caldeiras já line é familiarApemeta: 15  de Dez 2022 XII encontro nacional de cestão de resíduosKeyter: HVAC&R Solutions

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial