Efcis - Comércio Internacional, S.A.
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Eficiência energética em edifícios: uma aliada essencial para um futuro sustentável

Márcia Pereira, CEO da Bandora06/06/2024
A implementação de tecnologias como a digitalização e a inteligência artificial em construções é crucial para otimizar o consumo de energia, através de sensores inteligentes, sistemas de automação e análise de dados.
Imagen
O mundo enfrenta desafios urgentes relacionados com as mudanças climáticas, o que exige uma rápida transição em direção a um futuro mais verde e sustentável. Nesse contexto, a sustentabilidade das construções emerge como uma área crucial que exige ação imediata. A tecnologia surge como uma aliada poderosa nesse caminho necessário, impulsionando a otimização do consumo de energia, a redução do desperdício e o uso mais inteligente dos recursos.

Os edifícios desempenham um papel significativo no consumo global de energia e nas emissões de gases de efeito estufa. Na União Europeia, são responsáveis por cerca de 40% do consumo total de energia e mais de um terço das emissões nos 27 Estados-membros. Estes números destacam a importância de tornar as construções mais eficientes do ponto de vista energético para mitigar os impactos ambientais do setor da construção.

Uma abordagem essencial para alcançar a eficiência energética dos edifícios é reconhecer que não é necessário começar do zero. A indústria da construção é responsável por cerca de 23% das emissões globais de gases efeito estufa, principalmente devido ao consumo de energia durante a operação e produção de materiais, além de gerar cerca de 30% dos resíduos sólidos urbanos no mundo. Por isso, ao optarmos por construir novos edifícios, devemos utilizar materiais de construção ecológicos e reciclados, com menor impacto ambiental durante a produção e o descarte.

No entanto, pode ser mais benéfico aproveitar soluções existentes e melhorá-las com o auxílio de tecnologias inovadoras como a Inteligência Artificial (AI), Internet das Coisas (IoT) e Big Data. Estas ferramentas permitem analisar dados em tempo real para otimizar o consumo de energia, ajustar automaticamente o consumo com base nas necessidades reais, reduzir o desperdício, prever a necessidade futura de energia, monitorizar o consumo de energia, temperatura, humidade e outros parâmetros através de sensores e dispositivos conectados em rede, tomar decisões inteligentes e impulsionar a mobilidade sustentável. Além da tecnologia, é também importante integrar fontes de energia renovável, como painéis solares e turbinas eólicas, para alimentar os edifícios e assim reduzir a dependência de combustíveis fósseis.

Estão em andamento vários esforços globais para construir um futuro mais verde e sustentável, como a COP 28 (28ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima) que ocorreu no Dubai, Emirados Árabes Unidos, em 2023. Foi o maior encontro deste género, com cerca de 85 mil participantes, incluindo mais de 150 Chefes de Estado e de Governo, e que evidenciou que o progresso dos esforços mundiais para enfrentar o aquecimento global está atrasado em todas as áreas de ação ambiental. Como resultado, os países decidiram acelerar a ação até 2030.

Recursos financeiros, como os fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) destinados à descarbonização, são essenciais para essa missão. Recentemente, o Parlamento Europeu aprovou uma nova diretiva com o objetivo de impulsionar a eficiência energética das construções. Alguns dos principais objetivos incluem duplicar a taxa anual de renovação energética das habitações, gerar empregos na indústria da construção para renovar e melhorar os imóveis e contribuir para a neutralidade de emissões poluentes até 2050.

A implementação de tecnologias como a digitalização e a inteligência artificial em construções é crucial para otimizar o consumo de energia, através de sensores inteligentes, sistemas de automação e análise de dados. A renovação energética de imóveis existentes é fundamental e deve focar-se na melhoria do isolamento térmico, na substituição de sistemas obsoletos e na adoção de fontes de energia mais limpas. A consciencialização sobre a importância da eficiência energética é também urgente e precisa de ser intensificada.

Os edifícios desempenham um papel vital na transição para uma economia de baixo carbono. Não podemos adiar a ação: a colaboração global e a adoção de tecnologias inteligentes são essenciais para alcançar as metas de desenvolvimento sustentável e construir um futuro mais verde para as próximas gerações. Essa responsabilidade partilhada exige ações urgentes e a união de esforços de todos os países, empresas, indivíduos e organizações. Juntos, podemos construir um futuro mais sustentável e com menor emissão de carbono, onde os edifícios sejam eficientes, inteligentes e contribuam para um planeta mais saudável.

REVISTAS

Profei, S.L.ChillventaSiga-nosPanasonic PortugalSolius

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    17/06/2024

  • Newsletter O Instalador

    10/06/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial