Trane - Portugal - Sociedade Unipessoal, Lda
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Geoterme implementa projeto de SACE que levou o IPO de Lisboa a uma poupança de 60% da energia

Geoterme

26/05/2023
A Geoterme esteve presente no ambicioso projeto de renovação das centrais de produção de água quente e água gelada do IPO - Instituto Português de Oncologia de Lisboa, que consistiu na substituição dos equipamentos de produção e distribuição de energia térmica por outros mais eficientes, a par da instalação de um sistema SACE de alta eficiência.
Imagen
Esta unidade hospitalar, do foro oncológico, está distribuída por 10 pavilhões, que foram construídos tendo em conta as necessidades que se fizeram sentir desde a sua génese. De entre estes pavilhões, o Pavilhão Central, onde se encontram sediados os principais serviços do IPO - Lisboa, foi inaugurado em 1948, tendo-se lhe seguido a construção do Pavilhão de Rádio, inaugurado em 1958, o Pavilhão da Medicina, inaugurado em 1971, o Pavilhão Lar - convertido do anterior Lar de Enfermeiras em 1975 e o Pavilhão de Radioterapia construído em 1980.

Tendo em conta a evolução do IPO, é fácil perceber que as instalações técnicas integradas nos vários pavilhões evoluíram numa ótica da satisfação das necessidades imediatas, subordinando-se assim aos requisitos dos respetivos serviços.

Estas instalações, algumas ainda com componentes que vêm da construção original dos respetivos pavilhões, foram sendo remodeladas ao longo dos anos, mas a necessidade de as manter em serviço, sem grande perturbação, não permitiu uma intervenção profunda com o objetivo da sua racionalização como agora sucedeu com este projeto.

Soluções técnicas existentes à partida para o projeto:

Sistema SACE: Inexistente, com recurso a sistemas de controlo individual pontuais.

Água Quente: A produção de água quente para a satisfação das necessidades de AQS e Climatização era realizada na Central Térmica, dotada de 2 Caldeiras de Vapor, alimentadas a Gás Natural e que entraram em produção no final dos anos setenta. Estas Caldeiras tinham uma capacidade unitária da ordem dos 2.000 kW.

Água Gelada: A produção de água gelada para a satisfação das necessidades de climatização e arrefecimento de equipamentos tais como os aceleradores lineares e o datacenter era realizada com recurso a vários chillers instalados de acordo com as necessidades dos serviços, com uma potência total instalada da ordem dos 3.400 kW.

Imagen

Soluções adotadas neste projeto:

Numa estratégia claramente orientada para a descarbonização do edifício, o IPO teve à partida, como principal ambição, a redução substancial dos consumos de energia primária e a redução das emissões de CO2, bem como uma estratégia para a redução de utilização de combustíveis fósseis.

O sistema SACE teve na abordagem deste projeto um especial enfoque porque aí se baseava todo o controlo e automatização dos novos sistemas a instalar e somente dessa forma se poderiam obter as poupanças de energia e de emissões ambicionadas.

Neste sentido, foi desenvolvido e implementado pela Geoterme um sistema SACE de alta eficiência com recurso a sistemas e equipamentos de última geração a comunicar no protocolo BacNet/IP.

A distribuição de energia térmica recorre a sistemas de medição e controlo inteligentes e, deste modo, é fornecida de uma forma variável e ajustada às necessidades do consumo em cada instante. Para o melhor controlo da instalação, a Geoterme recorreu a algoritmos de controlo com o princípio “Demand Control System” que se baseia no ajustamento constante dos sistemas de produção às flutuações do lado do consumo conduzindo a uma substancial redução dos consumos de energia.

Sistema de produção de água quente

Sistema de produção de água quente.

O funcionamento do sistema de SACE é assegurado a partir da sala de operação da central térmica do IPO, local onde se localiza o posto de sistema de supervisão com certificação BacNet/AWS e onde corre o programa de gestão técnica centralizada. Através da WEB, os utilizadores podem aceder ao sistema de supervisão em qualquer parte do mundo, desde que estejam ligados à rede interna do IPO.

O sistema de supervisão está ligado a vários monitores para o constante acompanhamento e gestão da instalação por parte dos técnicos de operação e manutenção, orientados para a constante maximização da eficiência energética da instalação.
No campo dos equipamentos de produção de energia térmica foi adotada uma solução de produção de água quente em Chillers/Bomba de Calor, ao longo de todo o ano, com recuperação de água gelada para satisfação das necessidades de frio, também ao longo de todo o ano.
Atendendo a que o COP dos Chillers/Bomba de Calor baixa com a temperatura exterior, ficando a sua utilização inviabilizada para temperaturas exteriores reduzidas, a produção de água quente, quando a temperatura do ar exterior desce abaixo de um valor definido, é realizada em Caldeiras de Condensação. Estas Caldeiras são ainda utilizadas para produzir água quente, no tratamento da Legionella.
Esquema da Central Térmica

Esquema da Central Térmica.

Como resultado, as poupanças respeitantes a esta intervenção são expressivas e reveladoras da importância desta intervenção:
  • Redução do Consumo de Energia Primária: 60%
  • Redução das Emissões de CO2e: 67,50%
Importa ainda realçar que esta nova solução também impulsiona a redução da utilização da energia proveniente de combustíveis fósseis, com a passagem da utilização maioritária, do gás natural para a eletricidade, cuja produção se prevê que seja integralmente obtida a partir de fontes renováveis nos próximos anos.
A Geoterme quer contribuir em cada projeto que realiza para a descarbonização dos edifícios e para sustentabilidade e transição energética, sendo o projeto do IPO - Lisboa mais um exemplo desse contributo, que muito nos orgulha e motiva para projetos futuros cada vez mais ambiciosos.
Sistema de produção de frio

Sistema de produção de frio.

REVISTAS

Siga-nosLisboa Feiras, Congressos e Eventos / Associação Empresarial (Smart Cities Summit - Fil - Tektónica)

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    19/02/2024

  • Newsletter O Instalador

    12/02/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial