Monitorização Remota TRANE
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Como avaliar a eficiência energética da casa no momento da compra

28/11/2022
A plataforma digital de compra e venda de casas Casavo mostra a que aspetos deve estar atento para reduzir o consumo energético e os custos associados.
foto

As renovações permitem melhorar a eficiência energética das casas, garantindo um maior bem-estar dos ocupantes e contas de energia menores.

A eficiência energética é um dos principais fatores valorizados durante a avaliação de uma casa por impactar significativamente o consumo de energia.

Segundo o relatório 'Energia em Números' de 2022, 40% das habitações portuguesas apresentam uma classe energética abaixo de C e 66% abaixo de B, numa escala que varia entre A+ (muito eficiente) e F (muito pouco eficiente). Estes valores devem-se, sobretudo, ao facto de Portugal apresentar um parque habitacional muito envelhecido, com uma capital onde 60% das habitações foram construídas antes dos anos 80, sem terem por base os critérios e necessidades atuais de eficiência energética.

Por este motivo, a Casavo, a plataforma digital europeia que está a redesenhar a experiência de vender e comprar casas em Portugal desde janeiro, deixa três pontos a considerar antes de partir para a compra de uma habitação:

1. Ter atenção aos materiais: Os materiais utilizados na construção fazem a diferença entre ter uma casa energeticamente eficiente ou uma com sucessivas perdas ao longo dos processos. Existem materiais de isolamento mais eficazes, como por exemplo, poliestireno extrudido, poliuretano projetado, espuma de polietileno ou lã de rocha que permitem proteger contra o frio e a humidade e evitar pontes térmicas, responsáveis por variações no fluxo de calor. Particularmente no inverno, o bem-estar das pessoas estará em risco se estas caraterísticas não forem verificadas previamente.

2. Confirmar a classificação energética dos equipamentos e eletrodomésticos: os equipamentos eletrónicos apresentam classificações de eficiência energética que vão de A a G com base no consumo de eletricidade necessário para exercer as suas funções. Assim, optar por equipamentos de classes mais elevadas e, por isso, com um menor consumo de energia, ajudará a reduzir significativamente a despesa mensal.

3. Verificar a presença de sistemas inteligentes de gestão (domótica): Os sistemas inteligentes nas várias divisões da casa permitem otimizar os horários de funcionamento dos sistemas de climatização – que regulam a temperatura nos imóveis – e monitorizar os consumos de energia. Estes recursos permitem diminuir os gastos energéticos sem, contudo, prejudicar a utilização dos diversos aparelhos ou o bem-estar das pessoas.

Após a compra direta das habitações, estas são algumas das precauções que a Casavo adota na renovação parcial ou total das mesmas, vendendo-as posteriormente na sua plataforma. As renovações realizadas permitem melhorar a eficiência energética das casas, garantindo um maior bem-estar dos ocupantes e contas de energia menores. As casas são depois vendidas a preços justos de mercado, através do recurso a tecnologia própria de avaliação de imóveis, promovendo a transparência e estendendo o acesso à habitação a um maior número de pessoas.

CEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International ConferenceInstituto de Formaçaõ VulcanoPanasonic: a tua casa poupa. O planeta também.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial