Efcis - Comércio Internacional, S.A.
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Artigo publicado no dossier REEE na edição 313 - dezembro da revista O Instalador

A circularidade nos REEE

E-CYCLE16/12/2022
A consciência já existe: há uma mudança de paradigma em curso e que é irreversível.
Imagen
A circularidade é um tema cada vez mais marcado na indústria, dada a preocupação emergente atualmente observada, no que toca aos recursos naturais disponíveis no planeta.
Torna-se primordial promover uma resiliência e mudança de paradigma da economia, para que possa transitar de um formato linear para circular, não havendo lugar para o descarte e desperdício de recursos.
Para isso, é necessária uma ação da indústria mundial, no sentido de planear e implementar medidas circulares nos seus produtos e respetivos processos produtivos.

A E-Cycle, no âmbito do Plano de Prevenção, realizou um inquérito aos produtores de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, com o objetivo de avaliar as medidas de sustentabilidade e economia circular que estão a ser aplicadas em toda a cadeia de valor a nível nacional, tendo-se constatado que esta realidade ainda não alcançou o nível expectado.

De um modo geral, de acordo com a amostra de empresas inquiridas, 93% valoriza o tema da Economia Circular. Contudo, apesar desta preocupação, ainda se verifica que muitas empresas não implementam medidas de Economia Circular.

Os produtores afirmaram que das medidas já adotadas, se destaca a valorização de resíduos e/ou minimização de resíduos provenientes dos seus processos produtivos (cerca de 60% dos participantes). Neste caso, alguns dos inquiridos incorporam materiais reciclados de outras indústrias, bem como material interno da empresa.

Outra medida implementada por 60% das empresas participantes no inquérito é a adoção de processos mais eficientes na utilização de água e energia durante o seu processo produtivo, como por exemplo, aproveitamento de águas pluviais para fins não potáveis e utilização de maquinarias mais eficientes e temporizadas.

A adoção do Ecodesign no processo produtivo dos equipamentos foi outra das medidas mais aplicada pelos produtores inquiridos, contemplando 40% dos participantes. Seguida da modularização de componentes, cuja estratégia permite uma fácil desmontagem, recuperação e reaproveitamento destes materiais quando o equipamento deixa de funcionar ou não tem reparação, com 36%.
Imagen
Todas as medidas apresentadas, e respetivos exemplos, são apenas algumas das diversas opções viáveis de aplicação por parte das empresas produtoras de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos.

Apesar do evidente crescimento daquilo que é a consciência da necessidade de atualização e evolução dos processos de fabrico, conclui-se que o caminho a percorrer pela indústria ainda é longo. As melhorias no processo produtivo são visíveis, com menos custos ambientais. Contudo, é ainda necessário alcançar processos que visem a longevidade dos equipamentos e ao mesmo tempo facilitem os processos de reparação e reciclagem.

A E-Cycle, como Entidade Gestora de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos, apoia os seus produtores, nomeadamente através de ações de sensibilização para a correta gestão dos equipamentos, incluindo quando estes chegam ao seu fim de vida útil. No âmbito da investigação & desenvolvimento, procura também soluções e tecnologias minimizadoras do impacte ambiental dos processos produtivos e dos próprios produtos com o objetivo de alcançar uma Economia mais Circular e Sustentável.

foto

REVISTAS

Induglobal - Encontros ProfissionaisSiga-nosLisboa Feiras, Congressos e Eventos / Associação Empresarial (Smart Cities Summit - Fil - Tektónica)Profei, S.L.

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    08/04/2024

  • Newsletter O Instalador

    25/03/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial