Disterm ar condicionado
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Empresa de carregadores de veículos elétricos investe em unidade de produção de soluções de embalamento sustentáveis

27/09/2022

Objetivo? Tornar as empresas portuguesas autossuficientes. 

foto
No recém adquirido laboratório de inovação desta empresa de Braga começam agora a produzir-se as primeiras máquinas.
Com o aumento exponencial do e-commerce está a nascer a nova era do embalamento sustentável, mercado no qual a Volt-e acaba de entrar com o recente investimento numa unidade de produção de máquinas de produção de almofadas de ar em plástico 100% reciclável, com a missão de tornar as empresas portuguesas mais verdes, ecologicamente responsáveis e autossuficientes.

De ‘Charging your future’ a ‘Recycling your future’

“Como uma empresa com forte missão ecológica, temos como ambição incentivar as empresas e os empresários a tomarem decisões conscientes”, admite Júnior Braga, CEO da Volt-e. Foi assim que, dos carregadores elétricos, a Volt-e evoluiu para uma nova área de negócio, também ela amiga do ambiente. No recém adquirido laboratório de inovação desta empresa de Braga começam agora a produzir-se as primeiras máquinas.

“Estamos num mercado altamente digitalizado onde o e-commerce assume uma enorme fatia nos negócios. Tentámos perceber de que forma poderiam as empresas embalar os seus produtos de forma mais rápida, com um custo menor, reduzindo a pegada ambiental. Acreditamos que esta é uma área com futuro e por isso decidimos criar uma empresa dentro do grupo dedicada ao desenvolvimento de soluções e produtos com impacto ecológico que apoiem as empresas nessa transição importante”, refere.

foto

Máquinas de produção de almofadas de ar em plástico 100% reciclável

As máquinas de enchimento de almofadas de ar compostas por plástico 100% reciclável começam a sair da nova unidade de produção da Volt-e com destino a diversos pontos do país. “Uma solução que vem permitir economizar recursos e incentivar a reutilização, num mercado que habitualmente desperdiça quantidades desmedidas de plástico e papel para embalamento”, explica o responsável. Para além de reduzir a quantidade de matéria-prima habitualmente utilizada para enchimento e recorrer a plástico reciclável, a Volt-e pretende incentivar as empresas portuguesas a tornarem-se autossuficientes na área do embalamento.
“A ideia passa por comercializar estas máquinas por todo o país de forma a tornar as empresas cada vez mais autónomas e sustentáveis, produzindo o seu próprio embalamento e reutilizando-o sempre que possível”, conclui.  Um caminho que prova, acima de tudo, que desenvolvimento sustentável e desenvolvimento económico podem e devem estar do mesmo lado.

 

foto
Keyter: HVAC&R SolutionsBosch: a tecnologia mais recente em caldeiras já line é familiarApemeta: 15  de Dez 2022 XII encontro nacional de cestão de resíduosCEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International Conference

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial