Disterm: ar condicionado, bombas de calor, ventiloconvetores
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Madeira: acelera a transição energética da ilha

O Instalador18/11/2021
A Siemens, através da Smart Infrastructure, e em parceria com a Fluence, está a contribuir para que a ilha da Madeira ganhe maior independência energética e resiliência da rede elétrica, utilizando energias renováveis.
foto
A Siemens assegurará a total integração do sistema de armazenamento de energia na rede elétrica da ilha. Foto: Ana Clara.

A Empresa de Eletricidade da Madeira (EEM) adjudicou a um consórcio constituído pela Siemens e pela Fluence um contrato para a instalação de uma central de armazenamento de energia com baterias, que será integrada num conceito de microrede. O projeto permitirá à EEM melhorar a integração de energias renováveis, criando as condições para que a quota de renováveis no seu mix energético aumente significativamente para cerca de 50%. Em consequência disso, a ilha poderá reduzir o seu consumo de combustíveis fósseis ao longo dos próximos dois a três anos, ao mesmo tempo que ganha maior independência energética sem afetar a qualidade da energia ou a estabilidade da rede elétrica.

Integrado num conceito de microrede, o sistema de armazenamento de energia com baterias também melhorará a sustentabilidade da ilha, uma vez que reduzirá a sua pegada de carbono e integrará fontes de produção de energia mais diversificadas.

Ao mesmo tempo permitirá à EEM manter altos padrões de fiabilidade e disponibilidade na distribuição de energia. Uma das suas funcionalidades únicas será a capacidade de blackstart de uma parte da rede de 60 kV, permitindo a restauração dos serviços de rede em caso de uma falha de energia. Localizado ao lado da Central Termoelétrica da Vitória, o sistema de armazenamento de energia deverá começar a operar no segundo trimestre de 2022.

“As tecnologias de Grid Edge, tais como o armazenamento de energia, desempenham um papel fundamental na descarbonização de ilhas e comunidades remotas. Não só permitem a integração de fontes de energia renováveis intermitentes, como também aumentam a flexibilidade e a resiliência da rede elétrica. O sistema de armazenamento de energia na Madeira, combinado com as nossas soluções digitais para a gestão inteligente de energia, irá acelerar significativamente a sua transição para um fornecimento de energia sustentável e fiável", disse Stephan May, CEO da unidade de negócios Distribution Systems da Siemens Smart Infrastructure.

“Com a implementação na ilha desta central de armazenamento com baterias, pretendemos reduzir o número de geradores térmicos que dependem de combustíveis fósseis e aumentar a penetração de fontes de energia renováveis sem correr o risco de apagões, e ao mesmo tempo garantir uma regulação ótima da frequência do sistema elétrico da Madeira“, realça Francisco Taboada, Presidente do Conselho de Administração da EEM, acrescentando que, "assim que entrar em serviço, esta central terá um papel extremamente importante como reserva energética rápida para fazer face a variações repentinas quer na produção, quer na carga". 

foto

O projeto, que será executado em regime de 'chave-na-mão', prevê a construção de um sistema de armazenamento de energia com baterias com capacidade de 22,5 MVA/15,6 MWh. A tecnologia de armazenamento de energia será fornecida pela Fluence, uma joint venture entre a Siemens e a AES. O consórcio construirá uma solução de armazenamento ao ar livre, que incluirá uma e-house, o produto Gridstack de sexta geração da Fluence e transformadores.

Para além do fornecimento dos quadros de baixa e média tensão e dos sistemas de proteção e controlo, a Siemens assegurará ainda a total integração do sistema de armazenamento de energia na rede elétrica da ilha. O consórcio terá ainda a seu cargo a manutenção dos equipamentos e sistemas fornecidos durante os próximos 10 anos. A Siemens tem um centro de competências internacional para microredes e armazenamento de energia localizado em Portugal.
Smart Home show de 25 a 27 2022Jaba: tradução 4.0Esdec: o fornecedor de estruturas de fixação para fotovoltaicoAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoFujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumo

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial