Disterm: ar condicionado, bombas de calor, ventiloconvetores
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

APIRAC e toda a cadeia de valor da Refrigeração e Climatização apoiam a estratégia europeia

Nuno Roque | Secretário-Geral da APIRAC03/12/2021
A Comissão da UE propõe uma estratégia para integração do sistema de energia. Porque é que esta estratégia é importante?
foto

Atualmente, o sistema de energia tem uma estrutura rígida. É construído em cadeias de valor de energia paralelas e verticais. Por outras palavras, fontes específicas de energia estão ligadas a usos finais específicos. É como se as receitas fiscais tivessem uma relação direta com determinadas despesas. Seria um processo hermético que inviabilizaria qualquer gestão orçamental eficiente, obrigando a aumentar impostos para cobrir as áreas em que houvesse maior descompensação financeira. É por isso que a Comissão da UE concluiu que este sistema é técnica e economicamente ineficiente para proporcionar uma economia neutra para o clima. O resultado são perdas significativas, como calor residual e baixa eficiência energética.

A nova estratégia apresenta então uma visão de como acelerar a transição de cadeias de valor de energia com estrutura ineficiente para um sistema que pode fornecer serviços de baixo carbono, confiáveis e eficientes em termos de recursos com os custos mais baixos possíveis.
Com base nos relatórios mais recentes da Agência Internacional de Energia (IEA), a Estratégia de Integração do Sistema de Energia da Comissão Europeia e a Onda de Renovação, a União Europeia (UE) só poderá atingir seus objetivos de descarbonização no setor de aquecimento e arrefecimento em edifícios (representando +/- 20% do consumo total de energia da UE) se o total do parque instalado de bombas de calor quadruplicar até 2030.
A indústria e toda a cadeia de valor de Refrigeração, Ar Condicionado e Bombas de Calor apoia totalmente o Green Deal europeu e seus objetivos de redução emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 55% até 2030 e para atingir a neutralidade climática até 2050, e tem demonstrado ser uma das mais ativas na transição para uma economia e sociedade descarbonizadas e ecológicas.
Apoiamos também o atual Regulamento Europeu sobre Gases Fluorados e a redução progressiva para a sua colocação no mercado. A própria revisão do Regulamento inclui medidas acrescidas de restrição de F-Gases que são benéficas para a eficiência energética e mais abrangentes ao nível do todo o ciclo de vida do produto, incluindo um up-grade quanto à evolução para alternativas no âmbito dos fluidos naturais, estabelecendo novos requisitos e competências para as empresas e profissionais envolvidos.

O Setor continuará a promover o princípio da eficiência energética, em primeiro lugar, por meio de melhorias nos nossos produtos no âmbito do Ecodesign, e trabalhamos afincadamente para melhorar os fluidos e reduzir a ocorrência de fugas.

O Setor continuará a promover o princípio da eficiência energética, em primeiro lugar, por meio de melhorias nos nossos produtos no âmbito do Ecodesign, e trabalhamos afincadamente para melhorar os fluidos e reduzir a ocorrência de fugas

Agora, nada se resolverá sem a correção de processos. Enquanto favorecermos os circuitos ilegais com empresas não certificadas a poderem intervir corretamente nas operações, enquanto profissionais não habilitados puderem persistir na compra e manuseamento, enquanto os utilizadores finais não exigirem certificação dos processos por parte dos profissionais, enquanto os canais não especializados forem protegidos em vendas desmedidas a preços irreais com acesso ilimitado, o comércio ilegal de fluido continuará e as fugas e emissões para a atmosfera não só se manterão como prática como aumentarão.
Smart Home show de 25 a 27 2022Jaba: tradução 4.0Adene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Fujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoEsdec: o fornecedor de estruturas de fixação para fotovoltaicoAssociação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial