Disterm: ar condicionado, bombas de calor, ventiloconvetores
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Energia: Maria da Graça Carvalho defende mais eficiência energética, tecnologia e financiamento inovador

O Instalador07/10/2021
A eurodeputada do PSD, Maria da Graça Carvalho, considerou em Estrasburgo, que o aumento dos preços da energia “ é um desafio que afeta grande parte da população, incluindo a classe média, prejudica as nossas empresas e indústrias e ameaça a retoma económica”.
foto
“Exigem-se medidas de fundo”, salienta a eurodeputada portuguesa Maria da Graça Carvalho.

Falando em plenário, numa sessão dedicada ao aumento dos preços do gás natural e do seu impacto nos custos da eletricidade, a eurodeputada avisou que, além da resposta imediata à presente crise, a União Europeia, no seu conjunto, e os Estados-membros individualmente, devem retirar lições e repensar as suas politicas para o setor
energético.

“Exigem-se medidas de fundo”, defendeu. Aos Estados-membros, mudanças na fiscalidade, nos custos de interesse económico geral. À União, um programa ambicioso de melhoria da eficiência energética, a utilização de novas tecnologias e novos modelos de financiamento do setor". 

Por outro lado, a eurodeputada alertou contra a utilização da situação atual como pretexto para contestar a descarbonização da economia europeia. O agravamento das taxas das licenças de CO2 terá contribuído em 20% para a presente subida de preços. No entanto, Maria da Graça Carvalho lembrou que a principal causa é a “galopante subida dos preços do gás natural”, defendendo que um dos benefícios da chamada transição verde será precisamente libertar a União Europeia da sua excessiva dependência de combustíveis fósseis. O Green Deal não é causa deste problema, mas o caminho para a sua solução”, afirmou.

Maria da Graça Carvalho abordou ainda o contexto português, lamentando que o País não tenha conseguido ultrapassar o facto de, historicamente, os preços da energia terem sido um obstáculo ao crescimento económico e à melhoria da qualidade de vida da população.

Portugal tem uma das eletricidades mais caras da Europa face ao poder de compra. O custo da energia, no meu país, é um fator de bloqueio ao desenvolvimento e competitividade das empresas e indústrias. É um fardo para as famílias, com níveis de pobreza energética muito elevados. Temos um longo caminho a percorrer”, concluiu.

Smart Home show de 25 a 27 2022Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoFujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Esdec: o fornecedor de estruturas de fixação para fotovoltaicoJaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial