Disterm: ar condicionado, bombas de calor, ventiloconvetores
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Edifícios autónomos são mais eficientes

Márcia Pereira | CEO e Co-Fundadora Bandora Systems22/10/2021
Embora os Sistemas de Automação e Controlo de Edifícios (SACE) tenham sofrido uma significativa evolução nos últimos anos, esta verificou-se essencialmente na conectividade e partilha de dados. O SACE deixou de ser uma ilha dentro do edifício para, através de protocolos standard, permitir a integração com todo o ecossistema. A normalização do uso das redes IP e de dispositivos IoT (internet das coisas) abriu um novo mundo de oportunidades. Conhecemos este novo paradigma como Smart Buildings.
foto

O SACE continua, não obstante as crescentes funcionalidades, fortemente dependente do Facility Manager (FM) para analisar a cada vez maior quantidade de informação disponibilizada, e para aplicar esse conhecimento para uma gestão mais eficiente do seu edifício. O processamento e análise de quantidades massivas de dados, um cada vez maior conhecimento e formação especializada nos novos sistemas de gestão, são requisitos para um FM.

A acrescer a essa complexidade, a obrigatoriedade de descarbonizar o setor constitui um enorme desafio para os gestores de edifícios. Decorrentes da revisão de 2018 da norma EBPD, a aplicação da Norma EN15232 Classe B, que obriga à implementação de SACE mais avançados e a definição de novos indicadores como o SRI (Smart Readiness indicator), são os novos desafios.

Edifícios autónomos com recurso à Inteligência Artificial

A Bandora desenvolve um sistema que visa tornar os edifícios autónomos para uma maior eficiência nas suas operações. O BandoraOM é um Facility Manager virtual, que corre sobre qualquer SACE existente. Utilizando tecnologias de Inteligência Artificial e Machine Learning, automatiza a decisão do FM “real”, efetuando em tempo real e em contínuo o micro ajuste das configurações dos sistemas. Deste modo, o AVAC, a iluminação e outros equipamentos, conseguem endereçar as necessidades de conforto dos seus ocupantes com o compromisso da eficiência energética, ao mesmo tempo que oferece ao FM uma visão integrada do comportamento do seu edifício.

Foi aplicada a solução BandoraOM numa unidade de uma cadeia de restaurantes fast-food. O objetivo definido foi:

  • Reduzir custos e consumos energéticos
  • Otimizar o funcionamento do AVAC
  • Manter os níveis de conforto requeridos para os clientes.

A integração entre o SACE e a plataforma da Bandora foi efetuada remotamente. A unidade possui um SACE Schneider Electric, nomeadamente o EcoStruxure, à qual o BandoraOM se ligou através de Web Services. Foi identificado o seguinte ambiente:

  • Dispositivos: fritadeiras, grelhadores, câmaras frigorificas, iluminação, AVAC, etc.
  • Horários: 10h00 às 22h00
  • Programação AVAC - verão: Liga às 06h00 a 20ºC; inverno - liga às 06h00 a 19ºC.

A metodologia utilizada inclui:

  • Recolher dados em contínuo dos dispositivos (potência, consumo energético, temperaturas, horas de funcionamento, status)
  • Ponderar dados meteorológicos, de ocupação e inércia do edifício
  • Definir temperatura de conforto entre os 19 e os 22°C
  • Criar um Digital Twin do Edifício
  • Ajustar o algoritmo de Machine Learning
  • Controlar remotamente o AVAC.
Esta análise permitiu de imediato atingir reduções de consumo que variam numa base diária.
foto

Verificou-se que otimizando o funcionamento do AVAC no período entre as 6h00 e as 10h00 conseguimos garantir as condições ideais de conforto, resultando numa redução de consumo energético de 9% e uma redução de custos de 3.250€ anuais.

Os resultados alcançados demonstraram que as aplicações de sistemas de Inteligência Artificial permitiram endereçar os objetivos do nosso cliente, sem necessidade de quaisquer intervenções adicionais no edifício.

O projeto 'BandoraOM' é co-financiado pelo Portugal 2020, Norte 2020 e União Europeia.

Mais informação sobre os nossos processos em: www.bandorasystems.com

foto
Jaba: tradução 4.0Fujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoEsdec: o fornecedor de estruturas de fixação para fotovoltaicoAssociação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Smart Home show de 25 a 27 2022

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial