Reabilitação urbana: em novembro mantém-se tendência decrescente do indicador de atividade

Redação Induglobal23/12/2020
foto
O inquérito realizado pela AICCOPN aos empresários que atuam no mercado da Reabilitação Urbana, referente ao mês de novembro, permite constatar uma manutenção da tendência decrescente observada nos últimos meses nos principais indicadores qualitativos de atividade, num momento em que a imposição de restrições resultantes da situação pandémica, afetam as empresas e as condições operacionais em que as intervenções são desenvolvidas.
O índice que mede a evolução do Nível de Atividade na Reabilitação Urbana regista uma contração de 14,6% em termos homólogos em novembro, menos 2,2 pontos percentuais (p.p.) que o verificado no mês anterior.
No índice Carteira de Encomendas observa-se uma redução de 13,6%, em termos homólogos, valor que é 1,9 p.p. inferior ao apurado em outubro.
Relativamente ao número de meses de produção contratada, ou seja o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, em novembro verifica-se uma recuperação face ao apurado nos meses anteriores, fixando-se em 8,8 meses.
Vulcano: o sucesso é garantido quando esclhe a melhor formaçãoAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - edifícios - energia - ambiente

Estatuto Editorial