Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Melhorar a qualidade do ar: melhorar a saúde dos edifícios com soluções de ventilação Ziehl-Abegg

Ziehl-Abegg Ibérica31/05/2022

Para uma maior eficácia, a ventilação deve ser complementada com uma purificação de ar eficiente, com filtros HEPA e capacidade de destruição de microorganismos. A gama de purificadores com sistema NPS® combina tecnologias de ponta para a purificação do ar capazes de oferecer uma solução para espaços de elevada contaminação ou prevenir a síndrome do edifício doente.

foto

Se há algo que foi evidenciado pela pandemia que se arrasta há cerca de dois anos, é a necessidade de contar com uma ótima qualidade do ar no interior dos edifícios, onde passamos 90% do nosso tempo. Este não é um debate novo, já há tempo que há especialistas nestas matérias que perguntam porque temos tanto cuidado com a nossa alimentação com vista à nossa saúde, mas não prestamos atenção à qualidade do ar que respiramos: são perto de 15 kg todos os dias.

Foi agora, com a relação estabelecida entre a propagação da Covid-19 e a quantidade de ventilação e qualidade do ar interior, que se deu o impulso necessário para a adoção de tecnologias inovadoras que permitem melhorar o ar interior, que pode estar até 50 vezes mais contaminado que o ar exterior, o que tem influência na nossa saúde e na produtividade das empresas e trabalhadores.  

Não só nos apartamentos e moradias a qualidade do ar interior deve ser uma prioridade. A preocupação em manter espaços saudáveis, livres de vírus e outros contaminantes, abarca edificios de várias utilizações, como hospitais, escritórios, hotéis, restaurantes, escolas, centros desportivos e museus, entre outros.

foto

Há já vários anos que o 'síndrome do edificio doente' se associa a sintomas provocados pela má ventilação com uma pobre qualidade do ar interior em edificios (dor de cabeça, congestão, ardor nos olhos…). Por outro lado, são vários os contaminantes – sejam vírus como o Sars-Cov-2, partículas ou substâncias sob a forma de aerosol - que podem estar presentes nos locais de captação de ar exterior.

“O fator comum a todos os edificios, onde quer que se encontrem, é que o conforto interior está sempre dentro de objetivos de temperatura, humidade e renovação do ar novo, o que desempenha um papel fundamental na melhoria e manutenção da qualidade do ar interior”, nota Alfredo Rodríguez, Business Development Manager na ZIEHL-ABEGG Ibérica. “Há que tratar de evitar que o edifício fique 'doente' devido a uma deterioração da qualidade do ar”, acrescenta o especialista.

Tecnologias para a nossa saúde: filtros HEPA, NPS® e ventiladores ECblue

Perante este cenário, garantir a Qualidade do Ar Interior nos espaços é um desafio para todos os profissionais que projetam e gerem os edifícios. E aqui, a recirculação do ar, mais do que a ventilação natural, ou introdução de ar novo, tem vindo a tornar-se a protagonista.

Um conjunto de equipamentos recentes, que operam com alta eficiência energética têm capacidade para purificar o ar e eliminar contaminantes. Fruto da aposta estratégica da Ocramclima em inovação durante a última década, o NPS® é a tecnologia mais atual para tratar o ar e assegurar a sua melhor qualidade nos edifícios.

A tecnologia patenteada NPS® - Nano Purifying System® - está na base do desenvolvimento de uma gama de equipamentos portáteis, que combinam a filtragem de alta eficiência com a ação germicida de lâmpadas UV-C. Um sistema que é prático e reduz de forma drástica a fatura energética da ventilação.

Para oferecer soluções inovadoras que melhoram a Qualidade do Ar Interior, a Ocramclima encontra suporte numa rede de especialistas em tecnologias de ponta, como é o caso da Ziehl-Abegg, cujos ventiladores ECblue respondem com eficácia aos requisitos contínuos de ventilação nos purificadores, fazendo-o com o mínimo ruído e baixo consumo energético.

A gama NPS® Plus (para o sistema de condutas), Optimal (portátil Standard, XS e XL) ou TopFlow (para tetos, via App e IoT) configuram uma combinação tecnológica que viabiliza a cura para diferentes problemas exibidos em edifícios “doentes”, além de serem altamente eficazes na prevenção da contaminação pelo ar em espaços de grande circulação.

Os purificadores NPS® estão equipados com filtros HEPA - High Efficiency Particle Arresting – da classe H14, cuja eficácia de 99.995 % garante que apenas 0,005% das partículas de 0,3 mícron lhe podem escapar. As lâmpadas germicidas UV-C expõem o fluxo de ar à dose certa de radiação que vai eliminar as restantes partículas e os múltiplos agentes patogénicos de dimensão inferior presentes no ar (como poderá ser o caso do vírus como o Sars-Cov-2 com 0,1 mícron).

foto

Potentes aliados de centros hospitalares e demais edifícios dedicados aos cuidados de saúde na redução das possibilidades de contaminação pelo ar durante a pandemia, os purificadores NPS® são uma solução prática e eficiente, que debitam caudais de ar limpo e descontaminado de forma silenciosa. São uma resposta segura e eficaz não só em espaços de saúde, mas em todos os espaços onde seja prioritário garantir ar limpo e seguro para respirar.

Muitos dos dispositivos integram os motores ECblue, produzidos pela Ziehl-Abegg, altamente eficientes, igualmente silenciosos e de consumo energético reduzidos.

foto

No que toca ao ventilador plug-and-play ZApilot, da Ziehl-Abegg, incorpora os últimos avanços tecnológicos que beneficiam a atuação dos purificadores de ar como os da Ocramclima. A utilização de motores de tecnologia ECblue (comutação eletrónica) com variação de velocidade através de sinal 0-10 V (por MODBUS também disponível) proporciona um consumo energético muito contido. A turbina de material compósito de alto rendimento e o módulo que integra deflectores de fluxo para reduzir turbulências são de inspiração biónica, resultando numa solução extremamente silenciosa que aumenta a eficiência em perto de 10% quando comparado com o padrão do mercado.

Múltiplos fatores colocam os purificadores NPS® Optimal no topo das soluções eficazes, silenciosas e eficientes. A aplicação dos equipamentos em espaços de cuidados de saúde, como hospitais ou clínicas e laboratórios favorece a cura e evita contaminações e infeções contraídas no contexto hospitalar; em escolas ou escritórios melhora o estado de ânimo, a concentração e o rendimento escolar e laboral; em espaços comerciais e de serviços, ou na indústria, os purificadores permitem uma respiração mais segura, pulmões mais limpos e uma redução de asma e alergias, favorecendo o equilíbrio da pressão sanguínea, a digestão e o sistema imunitário, entre outros.

Empresas ou entidades relacionadas

Ocram Clima - Vieira & LopesOcram Clima - Vieira & Lopes
Ziehl-Abegg Ibérica, S.L.U.

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial