Disterm ar condicionado
Informação profissional do setor das instalações em Portugal
Módulo de acionamento compacto inclui motor elétrico e inversor

Bosch lança novo acionamento elétrico para veículos comerciais ligeiros

15/09/2022
Carrinhas e camiões de médio porte são o coração do tráfego urbano de mercadorias. Alimentados eletricamente, são livres de emissões, contribuem para uma melhor qualidade do ar e reduzem a poluição sonora para os moradores.
foto
O módulo de acionamento sairá da linha de produção em Hildesheim, na Alemanha, a principal fábrica da Bosch para acionamentos elétricos.
A Bosch está agora a iniciar a produção em volume de uma nova unidade de acionamento para esses veículos comerciais ligeiros, composta por um motor elétrico e um inversor integrado. O inversor controla o motor elétrico e fornece a conexão com a bateria de alta voltagem. “A Bosch está a impulsionar a mobilidade elétrica também em veículos comerciais. Em comparação com os seus antecessores, a nova unidade oferece ainda maior potência e densidade de torque e é ainda mais leve e compacta”, explica Markus Heyn, membro do conselho de administração da Bosch e presidente do setor de negócios de Soluções de Mobilidade.
Juntos, o peso do motor e do inversor é de cerca de 80 kg. A Bosch reduziu as perdas elétricas em mais de 20% usando novos semicondutores de potência, o que permite um nível de eficiência do inversor de 97%, aumentando assim a autonomia dos veículos. Além disso, graças à construção flexível, agora é ainda mais fácil integrar o módulo de acionamento em modelos de veículos novos e existentes.
O acionamento elétrico fará a sua estreia no cliente Daimler Truck, complementado por um conversor DC/DC e a unidade de controlo do veículo da Bosch para a transmissão. A potência máxima da unidade é de 129 kW, enquanto a potência contínua é de 100 kW. Por um curto período de tempo, a máquina síncrona de íman permanente pode gerar um pico de torque de 430 Nm. Mesmo com um peso de veículo de 8,5 toneladas, isso garante um desempenho de condução superior em todas as situações – inclusive em cidades com colinas como é, por exemplo, Tóquio, Roma ou São Francisco.

Uma boa base tornada ainda melhor

Os engenheiros da Bosch basearam o design do motor elétrico e do inversor na tecnologia utilizada no segmento de automóveis de passageiros. Algo que além de acelerar consideravelmente a fase de desenvolvimento, também ajudou a reduzir custos. Ao incorporar o módulo de acionamento elétrico no circuito de refrigeração a água existente nos veículos, um circuito de refrigeração à base de óleo deixa de ser necessário.

Além disso, a alta velocidade de rotação do motor elétrico garante uma transmissão de velocidade única suficiente para responder a todos os requisitos. As dimensões menores do novo acionamento elétrico significam que pode agora ser usada uma bateria composta por uma única peça. Novos microcontroladores oferecem consideravelmente mais poder de computação para processar os complexos algoritmos de controlo do acionamento elétrico em milissegundos.

Nesse contexto, o software é o grande responsável pelo comportamento do acionamento elétrico e pode ser adaptado às necessidades específicas dos clientes. O módulo de acionamento sairá da linha de produção em Hildesheim, na Alemanha, a principal fábrica da Bosch para acionamentos elétricos.

foto
Eletromobilidade até ao quilómetro final.

Ampla gama de produtos e elevado nível de investimento

“A Bosch já investiu mais de cinco mil milhões de euros em mobilidade elétrica”, afirma Heyn. Desde 2018, a empresa adquiriu 170 projetos de produção.

Espera-se que a receita de vendas ultrapasse a marca doa cinco mil milhões de euros em 2025. A Bosch tem um amplo portfólio de produtos disponíveis para os clientes, desde sensores individuais, motores elétricos, eletrónica de potência e unidades de controlo eletrónico até soluções integradas, como o eAxle, até para módulos pré-integrados.

O módulo de acionamento avançado, por exemplo, que integra acionamento, direção e travões, oferece interfaces simplificadas e, melhora assim a comunicação entre os componentes. Isto garante uma interação ideal entre os sistemas e subconjuntos do veículo elétrico – por exemplo, em termos de estabilização do veículo ou recuperação de energia, bem como um tempo de comercialização significativamente menor. Como resultado, tanto os fabricantes estabelecidos como os novos fornecedores podem colocar os seus veículos elétricos nas estradas mais rápido do que nunca.

Keyter: HVAC&R SolutionsCEES 27 - 30 june 2023 Funchal / Portugal International ConferenceBosch: a tecnologia mais recente em caldeiras já line é familiarApemeta: 15  de Dez 2022 XII encontro nacional de cestão de resíduos

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial