Atlas Copco: vapor - caldeiras de vapor de 1,3 a 16 toneladas/hora
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Instituto de Ciências Sociais publica estudo sobre pobreza energética

15/06/2021
Estudo ocorreu no âmbito da medida 'Ligar' da ADENE.
foto

Acaba de ser publicado um policy brief sobre pobreza energética da autoria de Ana Horta e Luísa Schmidt.

O estudo, que identifica e carateriza a população portuguesa mais vulnerável, foi publicado pelo Instituto de Ciências Sociais (ICS) no Observa (Observatório de Ambiente, Território e Sociedade do ICS-ULisboa).

Este policy brief baseia-se em resultados da investigação no âmbito da Medida 'Ligar – Eficiência energética para todos!', coordenada pela ADENE e financiada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia (PPEC 2017-18) com a colaboração do Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade (CENSE), do Instituto de Ciência Sociais (ICS), da Sair da Casca e da CDI Portugal e tinha como objetivo implementar uma estratégia inclusiva de combate à pobreza energética e de melhoria da eficiência energética de populações em condições socioeconómicas desfavorecidas e de infoexclusão.

No âmbito da Medida foram realizadas, pelo ICS, 100 entrevistas semi-diretivas com famílias vulneráveis à pobreza energética em dez freguesias do País (dez entrevistas em cada uma).

Estas freguesias foram escolhidas de entre as que apresentam um índice de vulnerabilidade à pobreza energética mais elevado, e incluindo tanto áreas urbanas como rurais das diversas zonas climáticas e geográficas do País.

Com o apoio das juntas de freguesia locais, foram identificados agregados familiares em situação de pobreza energética com diversos perfis tendo em conta género, composição do agregado familiar, idade, condição socioeconómica e caraterísticas da habitação.

Este trabalho de campo decorreu entre fevereiro e maio de 2018. Uma das reflexões desta medida relacionou-se com a invisibilidade da pobreza energética, sobre a qual só muito recentemente começaram a ser desenvolvidas iniciativas em Portugal centradas nesta temática, nomeadamente através da elaboração da Estratégia Nacional de Longo Prazo para Combate à Pobreza Energética 2021-2050, que esteve em consulta pública até 17 de maio de 2021. No espaço público esta é ainda é uma realidade largamente ignorada.

Os resultados obtidos no mapeamento e caraterização das populações mais vulneráveis à condição da pobreza energética com base numa definição e numa metodologia adotada pela equipa da Medida, permite um conhecimento real e preciso dos consumidores mais vulneráveis, que é de extrema importância para definir as estratégias mais acertadas para comunicar eficazmente sobre eficiência energética com este público-alvo.
Esta investigação do ICS pretende também fazer a proposta de um conjunto de recomendações junto de decisores políticos com um papel fundamental para o combate à pobreza energética.

Pode consultar ou descarregar o estudo do ICS aqui.

Portugal Smart Cities Summit 16 - 18  de nov. 2021 FIL - Parque das NaçõesFujitsu ar condiionado mámixo siléncio mínimo consumoBombas de calor Spirit inverterAdene: janelas eficientes só com etiqueta energética CLASSE+Nova gama de Ar CondicionadoJunkers - Bosch a prpoxima mudança vai parecer-lhe familiarAssociação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar CondicionadoHisense: serie HI - AquaSmart menos emisiones de CO2Jaba: tradução 4.0APREN - Associação Portuguesa de Energias RenováveisDecorHotel: Fil - Lisboa 21 a 23 Out 2021

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

www.oinstalador.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial